terça-feira, 10 de maio de 2016

Família de modelo morto na Indonésia pede ajuda para conseguir trazer corpo para o Brasil


VIA: www.globo.com e www.leianoticias.com.br



O modelo brasileiro de 24 anos morreu no domingo (8) de dengue hemorrágica enquanto trabalhava na Indonésia. Leon Lopes Capeluppi era de Pardinho, no interior de São Paulo, e a família dele agora faz uma campanha na internet para arrecadar dinheiro para trazer o corpo do jovem ao Brasil.

Leon estava em Jacarta, capital da indonésia, desde janeiro. Segundo a irmã dele, Brunelli Paes, ele estava com febre, cansaço e dores no corpo há um mês. “Ele tinha febre, curava e a febre voltava". Ela conta que o modelo voltou a ficar doente há uma semana quando soube que o avô tinha morrido.

Brunelli conta que além do valor alto para trazer o corpo, que fica entre R$ 30 mil e R$ 60 mil, dependendo da empresa, também há muita burocracia. “Muita gente já está ajudando, tenho até que agradecer, tem muita gente que gosta dele.”

Leon começou a carreira de modelo aos 14 anos, segundo a irmã. Ele foi para Indonésia pela primeira vez quando tinha 20 anos e fez vários trabalhos no país. Desta vez ele voltou ao país e tinha ajuda de uma pessoa que o agenciava nos trabalhos em Jacarta, que segundo Brunelli, está dando todo apoio à família.

A chegada do corpo está prevista para sexta-feira (13). A família procurou o Itamaraty, que segundo a irmã, está dando todo apoio à família em relação à documentação. Em nota, o Ministério das Relações Exteriores informou que está acompanhando o caso por meio da Embaixada emJacarta e está em contato com a família orientando os familiares a respeito dos diversos procedimentos que devem ser tomados em relação ao corpo. O Itamaraty também informou que não há previsão legal de pagamento de traslado de corpo para o Brasil.


Doações de qualquer quantia:

Conta Poupança:
Banco Santander
Ag: 0377 
Conta: 600030987
CPF: 441.327.598-57 
Brunelli Paes de Almeida





Nenhum comentário:

Postar um comentário